Sem retóricas



Que eu não mais espere... Apenas faça. Sem ilusões, sem
piedade de mim mesma. Que eu faça o que for necessário, e nada mais. Livre de emoções. Beirando a frieza. É desgostoso
um pensamento tão arbitrário, mas eu sei que se assim for...
Bem, se assim for não haverá mais desilusões, lágrimas, pesares.
Só haverá o: está feito, e nada mais. Almejo um dia que minhas
emoções abram caminho para que a razão seja o combustível que
mova meu ser. Um dia em que flores sejam apenas flores. E ponto
final. Sem retóricas. Sem poesia.

1 comentários:

Midup 31 de maio de 2010 21:44  

Apesar de concordar com você, e desejar o mesmo, acredito que só por expressar em palavras seus sentimentos e seus desejos, você já faz poesia.
Mas adorei mesmo o que escreveu. É bem o que eu sinto.
Beeijoos, (:

About this blog


Não há sentido em decifrar o que há dentro de cada um. Cada cenário diz respeito apenas ao ator que o utiliza como meio de brilhar, imaginar, como ferramenta para existir dento de si.

Aline Ribeiro Cunha.

About Me

"O coração da mulher é assim; parece feito de palha, incendeia-se com facilidade, produz muita fumaça, mas em cinco minutos é tudo cinza que o mais leve sopro espalha e desvanece." Manuel Antônio de Almeida

Curtiu? Entra aí (:

Recent News

enjoy